SEUS DADOS SEGUROS

Informações em conformidade com os regulamentos de proteção de dados pessoais

Na Europa e na Espanha existem regulamentos de proteção de dados destinados a proteger suas informações pessoais que são obrigatórias para nossa entidade.

Por esse motivo, é muito importante para nós que você entenda completamente o que vamos fazer com os dados pessoais que solicitamos.

Desta forma, seremos transparentes e lhe daremos o controle de seus dados, com linguagem simples e opções claras que lhe permitirão decidir o que faremos com suas informações pessoais.

Por favor, se você tiver alguma dúvida depois de ler esta informação, não hesite em nos perguntar.

Muito obrigado pela sua colaboração.

Quem somos?

Nosso nome: BRITO INSTITUTO.- E5Events Eirele

Nossa principal atividade: Formação na Espanha

Nosso endereço fiscal no Brasil: Rua Eurico Lara 456- Porto Alegre - RS

Nosso e-mail de contato: cursos@britoinstituto.com

Nosso site: www.britoinstituto.com

Estamos à sua disposição, não hesite em contactar-nos.

Para que vamos usar seus dados?

Em geral, seus dados pessoais serão usados ​​para poder se relacionar com você e fornecer nossos serviços.

Da mesma forma, eles também podem ser usados ​​para outras atividades, como enviar publicidade ou promover nossas atividades.

Por que precisamos usar seus dados?

Os seus dados pessoais são necessários para poder relacionar-se consigo e poder fornecer-lhe os nossos serviços. Nesse sentido, colocaremos à sua disposição uma série de caixas que permitirão que você decida de forma clara e simples sobre o uso de suas informações pessoais.

Quem saberá as informações que pedimos?

Em geral, apenas o pessoal de nossa entidade devidamente autorizado pode ter conhecimento das informações que solicitamos.

Da mesma forma, aquelas entidades que precisam ter acesso a ele para que possamos prestar nossos serviços podem ter conhecimento de suas informações pessoais. Assim, por exemplo, nosso banco saberá seus dados se o pagamento de nossos serviços for feito por cartão ou transferência bancária.

Da mesma forma, aquelas entidades públicas ou privadas às quais somos obrigados a fornecer seus dados pessoais para cumprir qualquer lei terão conhecimento de suas informações. Dando um exemplo, a Lei Tributária exige que você forneça à Agência Tributária determinadas informações sobre operações econômicas que excedam um determinado valor.

Caso, para além dos casos mencionados, necessitemos de divulgar os seus dados pessoais a outras entidades, solicitaremos previamente a sua autorização através de opções claras que lhe permitirão decidir a este respeito.

Como vamos proteger seus dados?

Protegeremos seus dados com medidas de segurança eficazes com base nos riscos envolvidos no uso de suas informações.

Para isso, a nossa entidade aprovou uma Política de Proteção de Dados e são realizados controlos e auditorias anuais para verificar se os seus dados pessoais estão sempre seguros.

Enviaremos seus dados para outros países?

Como os cursos que oferecemos são realizados na Europa temos que enviar os dados as universidades e entidades que realizam o curso. No mundo existem países que são seguros para seus dados e outros que não são tão seguros. Por exemplo, a União Europeia é um ambiente seguro para seus dados. Nossa política é não enviar suas informações pessoais para nenhum país que não seja seguro do ponto de vista da proteção de seus dados.

Caso, para lhe prestar o serviço, seja indispensável enviar os seus dados para um país que não seja tão seguro como Espanha, solicitaremos sempre a sua autorização com antecedência e aplicaremos medidas de segurança eficazes que reduzam os riscos de enviando suas informações. pessoal para outro país.

Por quanto tempo manteremos seus dados?

Manteremos seus dados durante nosso relacionamento e enquanto formos obrigados por lei. Uma vez expirados os prazos legais aplicáveis, procederemos à sua eliminação de forma segura e repeituosa com o meio ambiente.

Quais são os seus direitos de proteção de dados?

Você pode entrar em contato conosco a qualquer momento para descobrir quais informações temos sobre você, corrigi-las se estiverem incorretas e excluí-las assim que nosso relacionamento terminar, se isso for legalmente possível.

Você também tem o direito de solicitar a transferência de suas informações para outra entidade. Esse direito é chamado de “portabilidade” e pode ser útil em determinadas situações.

Para solicitar qualquer um desses direitos, você deve fazer uma solicitação por escrito para nosso endereço, juntamente com uma fotocópia do seu documento de identidade, para identificá-lo.

Para saber mais sobre seus direitos de proteção de dados, você pode consultar o site da Agência Espanhola de Proteção de Dados (www.agpd.es).

Você pode retirar seu consentimento se mudar de ideia posteriormente?

Você pode retirar seu consentimento se mudar de ideia sobre o uso de seus dados a qualquer momento.

Assim, por exemplo, se já esteve interessado em receber publicidade dos nossos produtos ou serviços, mas já não deseja receber publicidade, pode notificar-nos através do formulário de oposição ao processamento disponível nos escritórios da nossa entidade.

Caso você entenda que seus direitos foram desrespeitados, onde você pode fazer uma reclamação?

Caso entenda que os seus direitos foram negligenciados pela nossa entidade, pode apresentar uma reclamação junto da Agência Espanhola de Proteção de Dados, através de qualquer um dos seguintes meios:

Escritório eletrônico: www.agpd.es

Endereço postal:
Agência Espanhola de Proteção de Dados
C/ Jorge Juan, 6
28001-Madri

Via telefônica:
Telefone 901 100 099
Telefone 91 266 35 17

A apresentação de uma reclamação junto da Agência Espanhola de Proteção de Dados não implica qualquer custo e não é necessária a assistência de um advogado ou solicitador.

Vamos criar perfis em você?

Nossa política é não criar perfis nos usuários de nossos serviços.

No entanto, poderão ocorrer situações em que, para efeitos de prestação do serviço, comercial ou não, tenhamos de criar perfis de informação sobre si. Um exemplo pode ser a utilização do seu histórico de compras ou serviços para poder oferecer-lhe produtos ou serviços adaptados aos seus gostos ou necessidades.

Nesse caso, aplicaremos medidas de segurança eficazes que protejam suas informações a todo momento de pessoas não autorizadas que pretendam usá-las em benefício próprio.

Usaremos seus dados para outros fins?

Nossa política é não usar seus dados para fins diferentes daqueles que explicamos a você. Se, no entanto, precisarmos usar seus dados para atividades diferentes, sempre solicitaremos sua permissão antecipadamente por meio de opções claras que permitirão que você decida sobre o assunto.

POLÍTICA DE PROTEÇÃO DE DADOS

A Direção/Órgão de Administração do BRITO INSTITUTO (doravante, o controlador de dados), assume a máxima responsabilidade e compromisso com o estabelecimento, implementação e manutenção desta Política de Proteção de Dados, garantindo a melhoria contínua do controlador de dados com o objetivo de alcançar a excelência em em relação ao cumprimento do Regulamento (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de abril de 2016, relativo à proteção das pessoas singulares no que diz respeito ao tratamento de dados pessoais e à livre circulação desses dados e por cuja Diretiva 95/46/CE (Regulamento Geral de Proteção de Dados) (DOUE L 119/1, 04-05-2016) é revogada, e os regulamentos espanhóis sobre proteção de dados pessoais (Lei Orgânica, legislação setorial específica e seus regulamentos de implementação) .

A Política de Proteção de Dados do BRITO INSTITUTO assenta no princípio da responsabilidade proativa, segundo o qual o responsável pelo tratamento é responsável pelo cumprimento do quadro regulamentar e jurisprudencial que rege a referida Política, sendo capaz de o demonstrar perante as autoridades de controlo competentes.

Nesse sentido, o controlador de dados será regido pelos seguintes princípios que devem servir a todos os seus funcionários como guia e quadro de referência no tratamento de dados pessoais:

  1. Proteção de dados desde a conceção: o responsável pelo tratamento aplicará, tanto no momento da determinação dos meios de tratamento como no momento do próprio tratamento, medidas técnicas e organizativas adequadas, concebidas para aplicar eficazmente os princípios de proteção de dados, como a minimização dos dados, e integrar as garantias necessárias no tratamento.

  2. Proteção de dados por defeito: o responsável pelo tratamento aplicará as medidas técnicas e organizativas adequadas para garantir que, por defeito, apenas sejam tratados os dados pessoais necessários para cada uma das finalidades específicas do tratamento.

  3. Proteção de dados no ciclo de vida da informação: as medidas que garantem a proteção de dados pessoais serão aplicáveis ​​durante todo o ciclo de vida da informação.

  4. Legalidade, lealdade e transparência: os dados pessoais serão tratados de forma lícita, leal e transparente em relação ao interessado.

  5. Limitação da finalidade: os dados pessoais serão recolhidos para finalidades específicas, explícitas e legítimas, não sendo posteriormente tratados de forma incompatível com essas finalidades.

  6. Minimização de dados: os dados pessoais serão adequados, pertinentes e limitados ao necessário em relação às finalidades para as quais são processados.

  7. Exatidão: os dados pessoais serão exatos e, se necessário, atualizados; Todas as medidas razoáveis ​​serão tomadas para excluir ou retificar imediatamente os dados pessoais que sejam imprecisos em relação aos propósitos para os quais são processados.

  8. Limitação do período de conservação: os dados pessoais serão conservados de forma a permitir a identificação dos interessados ​​não mais do que o necessário para efeitos do tratamento dos dados pessoais.

  9. Integridade e confidencialidade: os dados pessoais serão tratados de forma a garantir a segurança adequada dos dados pessoais, incluindo a proteção contra o tratamento não autorizado ou ilícito e contra a perda, destruição ou danos acidentais, mediante a aplicação de medidas técnicas ou organismos adequados.

  10. Informação e formação: uma das chaves para garantir a proteção dos dados pessoais é a formação e informação prestada ao pessoal envolvido no seu tratamento. Durante o ciclo de vida das informações, todo o pessoal com acesso aos dados será devidamente treinado e informado sobre suas obrigações em relação ao cumprimento das normas de proteção de dados.

 

A Política de Proteção de Dados do BRITO INSTITUTO é comunicada a todo o pessoal do responsável pelo tratamento e disponibilizada a todos os interessados.

Consequentemente, esta Política de Proteção de Dados envolve todo o pessoal do responsável pelo tratamento, que deve conhecê-lo e assumi-lo, considerando-o como próprio, sendo cada membro responsável pela sua aplicação e verificação das normas de proteção de dados aplicáveis ​​à sua atividade. , bem como identificar e proporcionar as oportunidades de melhoria que considere adequadas com o objetivo de alcançar a excelência em matéria de compliance.

Esta Política será revisada pela Direção/Órgão de Administração do I BRITO INSTITUTO, quantas vezes julgar necessário, para se adequar, a todo momento, às disposições vigentes em matéria de proteção de dados pessoais.